Nômades digitais: nova tendência que está dominando o estilo de vida dos jovens


Cada vez mais pessoas estão optando por trabalhar longe dos grandes prédios comerciais e escritórios, a escolha da vez é: sua própria casa. O home-office, algo que antes era apenas cogitado por algumas empresas no Brasil, precisou ser idealizado e implantado em tempo recorde.


As empresas precisaram se reinventar.


Mas, não são todas as pessoas que preferem executar as suas atividades do trabalho de casa. Aqueles que possuem em seu DNA o instinto por aventuras preferem sair mundo afora e trabalhar de qualquer lugar, literalmente.


Isso vem se tornando algo muito comum, principalmente entre os mais jovens, e é uma das grandes tendências da década.


Com cada vez mais pessoas fazendo dinheiro através da internet, é possível conciliar as responsabilidades e compromissos do trabalho e as viagens frequentes em busca de um estilo de vida único. Esses são os nômades digitais.


O que são nômades digitais


Nômades digitais são profissionais que executam as suas atividades de trabalho totalmente online e de qualquer lugar do mundo - que seja possível se conectar com a internet, claro.


Sem a necessidade de ir ao escritório físico, morar em determinada cidade e outros pontos que até então eram burocráticos, os nômades digitais aproveitam essa flexibilidade e viajam pelo mundo, consequentemente se mudam com frequência, logo, isso os tornam nômades.


Mas isso só é possível com o advento da internet e as possibilidades que são proporcionadas por ela, antes havia a necessidade do trabalhador estar residindo de maneira fixa em determinada cidade e com fácil acesso ao local de trabalho.


O principal diferencial é levar um estilo de vida alternativo com o auxílio da internet e o trabalho remoto.


Você pode estar se perguntando, então eu posso trabalhar remotamente e isso faz de mim um nômade digital?


A resposta será não.


Para que você seja considerado um nômade digital é preciso executar um trabalho totalmente remunerado e o negócio em que você atua deve ser 100% online. Além disso, as viagens e mudanças constantes entre diferentes lugares são essenciais para que você seja caracterizado como nômade digital.


Normalmente esses profissionais são vistos pelo mundo em locais muito específicos, como cafés, hostels, hotéis e outros espaços de coworking.


São os nômades digitais os responsáveis por uma boa parcela da economia freelancer mundial. De acordo com dados do estudo Digital Nomadism: A Rising Trend, de 2018, elaborado pela MBO Partners, aproximadamente 4,8 milhões de trabalhadores independentes já se autodenominam como nômades digitais, isso somente nos Estados Unidos.


Grande parte deles é formada por homens, aproximadamente 69%, e 31% são mulheres.


Quando consideramos as principais áreas de atuação desses profissionais, o destaque vai para os segmentos de:


  • Editores, redatores, designers, videomaker, fotógrafos e demais profissionais criativos;

  • Desenvolvedores e programadores de aplicativos e softwares, além dos profissionais da área de TI;

  • Profissionais de marketing e comunicação;

  • Pessoas que trabalham com e-commerce.


Vantagens e desvantagens


A principal vantagem para um nômade digital é a liberdade de trabalhar de onde quiser e nos horários que quiser, dependendo somente de uma conexão com a internet.


Isso significa que será possível conhecer qualquer lugar do mundo e levar a sua fonte de renda para onde for. O destaque vai para as incríveis experiências que apenas quem mantém essa rotina é capaz de vivenciar.


Outro ponto positivo é o trabalho freelancer, que possibilita trabalhar com projetos interessantes e que dialogam com os seus interesses com autonomia.


E há muitas outras vantagens, como a sua qualidade de vida. Imagina só poder trabalhar de frente para o mar e sentindo o pé na areia.


Incrível, não é?


Quando pensamos em desvantagens, a principal é a ausência de um endereço fixo, necessário para questões burocráticas da vida adulta.


Outro ponto é a sensação de solidão de estar sempre viajando, dirigindo e não conseguir desenvolver relacionamentos que durem anos e anos, embora você passe a conhecer muitas pessoas.


A saudade é algo bem presente, principalmente quando você está trabalhando em lugares em que a cultura e os lugares não geram uma identificação.


A gestão de tempo também costuma ser um dos pontos mais comentados por quem é nômade digital, nem sempre é fácil organizar questões de trabalho enquanto se viaja.


É preciso estar atento para não confundir os limites entre vida pessoal e profissional.


Se interessou? Saiba como se tornar um nômade digital


  • Garanta sua renda

Para ser um nômade digital é preciso ter uma renda garantida de forma online.


É necessário estar atento às oportunidades de trabalho que podem surgir na sua área, seja como trabalhador formal ou freelancer.


  • Preparar equipamentos e documentação

Para trabalhar de maneira online há a necessidade de ter equipamentos que permitam a execução das suas tarefas, como notebook, fones de ouvido, carregadores portáteis, microfone e o que mais for necessário para o desempenho da sua atividade.


Além disso, a documentação é essencial!


Então, dar início ao procedimento de tirar o passaporte e contratar um bom seguro é uma boa ideia.


Para se prevenir de imprevistos é preciso juntar uma boa reserva de dinheiro.


  • Mantenha um endereço fixo

Pode acontecer de você viajar por muitos anos e por isso é necessário ter um endereço fixo para receber correspondências, o de um familiar cai bem.


Então, gostou da ideia? Você é uma pessoa aventureira, que curte sua liberdade e deseja viajar pelo mundo, essa pode ser uma boa opção para você ganhar dinheiro e realizar os seus desejos.


Para isso, é preciso se planejar muito bem e abraçar as oportunidades que podem fazer seus sonhos se tornarem realidade.


0 visualização0 comentário